• Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter Social Icon

Espiritualidade

e Mística

Recomendamos, antes de você conhecer o importante conteúdo desta página REFLETIR sobre a fala deste pequeno vídeo, cena do lindo filme "Chocolate" com Juliette Binoche e Johnny Depp. 

Nesta página você pode rezar, ouvir duas lindas preces nos vídeos aqui hospedados e ainda contemplar imagens com frases que tocam e redespertam nosso espírito. Caso goste, favor divulgar para seus contados. Que não te falte a Luz, a Paz e a Bênção  do Alto!

Procure um momentinho de silêncio e reze com os dois vídeos abaixo. Você pode clicar dentro da tela do vídeo à direita embaixo e aumentar a tela.

Rezar

NIZAN GUANAES,

publicitário baiano, 

é dono do maior grupo publicitário do país, o ABC.

 

Inspirado por Abílio Diniz e pelo meu personal trainer, que é presbiteriano, comecei a rezar todas as manhãs. Leio os jornais e depois rezo.

 

No início, foi como começar a correr e fazer exercícios, uma decisão intelectual, um gesto de disciplina, que você faz por obrigação e pouco prazer.

 

Mas, aos poucos, aquilo foi virando um oásis neste momento atribulado que, como qualquer empresário brasileiro, eu vivo.

 

Esta é uma crise braba, em que você tem que fazer sacrifícios para salvar o todo e vencer a crise. Um momento duro, de decisões duras, mas decisões necessárias e inadiáveis.

 

Neste momento, é preciso pedir à sabedoria que o jovem Salomão pediu a Deus. A sabedoria que David, o estadista, pediu tanto a Deus.

 

Só mesmo Deus vai nos dar, por meio de seu Espírito Santo, as virtudes que não temos. No meu caso, por exemplo: paciência, sabedoria, parcimônia.

 

David diz nos seus lindos Salmos que o Senhor salva o homem e a besta. Tem uma besta no homem. E, se deixar a besta solta numa crise como essa, a besta desembesta.

 

Não rezo para ser santo. Rezo para ser homem, para ser humano. No sentido divino desta palavra: ser um líder humano, um profissional humano, um marido humano, um pai humano.

 

Humano como Francisco, o papa, que ao escolher seu nome já apontou o caminho. Que em dois anos tirou a Igreja Católica do intramuros do Vaticano e a trouxe de volta para os homens e as mulheres do mundo todo e de todas as fés.

 

Minha amiga Arianna Huffington, uma das empresárias e mulheres mais interessantes destes tempos modernos, me ensinou a prestar mais atenção em meditação em seu novo livro, "A Terceira Métrica", publicado no Brasil pela editora Sextante.

 

Nos Estados Unidos, só se fala em "mindfulness", em meditação. Até no Massachusetts Institute of Technology, o famoso MIT, Meca mundial da tecnologia, se fala disso. Roberto Zeballos, que é um dos médicos mais modernos do Brasil, fala muito em meditação.

 

Rezar é meditar. E fortalece muito o empresário. É bom para quem tem fé, é bom para quem quer ter fé, é bom para quem quer ter paz, é bom para quem quer ter foco e discernimento.

 

Não importa se você vai rezar para Jesus, Adonai, Alá, meditar sobre o que disse o Buda, rezar para Xangô e Iansã ou conversar com o vento.

 

Quando você reza ou medita, você foca, concentra, reúne forças, toma o controle da sua vida. Você toma o controle da besta, como a inveja, a usura, o olho gordo, a pequenez, o medo e os instintos animais que existem em cada um de nós.

 

Sem a oração e a meditação a gente desembesta a fumar, a beber, a tomar Rivotril. Desembesta a sofrer e a passar as noites acordado. Desembesta a pensar com o fígado em vez de pensar com a cabeça, com o coração e com a alma.

 

A besta é uma má pessoa e um péssimo empresário. Rezar é o meu antídoto contra ela.

 

Hoje é 22 de dezembro. A oração torna todo dia o dia 25 de dezembro. Por meio da oração nasce a cada dia um menino Jesus em nós. Rezar é um Natal na alma.

 

Acreditar em Deus é bom inclusive porque evita que a gente se ache Deus. E evita que a gente seja movida pela besta que está no homem.

 

É por isso que, a cada manhã e a cada noite, eu rezo. Não para ser santo, como disse, mas para não ser besta. Para ser homem.

Artigo original e publicado na Folha de São Paulo em 22.12.2015

VOCÊ SABIA QUE A ESPIRITUALIDADE

AJUDA A CONTROLAR

O ESTRESSE?

 

Existem diferentes maneiras por meio das quais a espiritualidade ajuda a controlar o estresse. Orar, meditar e se dedicar à arte são algumas delas. Descubra por que ela tem este poder a seguir.

 

Confira nesse artigo por que, nos últimos anos, diferentes pesquisas mostraram que podemos usar a espiritualidade para controlar o estresse.

 

Embora para muitas pessoas falar de espiritualidade seja falar de religião, na realidade pode-se viver a espiritualidade independentemente das crenças religiosas ou de forma independente da própria religião sem que isso implique qualquer tipo de contradição.

 

Nesse sentido, uma religião é considerada um conjunto codificado de crenças e práticas compartilhadas por um grupo de indivíduos no que diz respeito a sua relação com um poder superior.

 

Por outro lado, a espiritualidade se refere à relação de um indivíduo com um espírito, que pode ser um poder superior (como um deus) ou simplesmente uma representação da conexão do ser humano com uma realidade metafísica maior do que a própria pessoa.

 

É por isso que as pessoas podem ser religiosas sem serem espirituais e há pessoas que são espirituais sem serem religiosas. Podemos até conhecer pessoas que vivem sua espiritualidade, independentemente da religião que professam.

 

Cabe destacar que a ciência descobriu que a espiritualidade ajuda a proteger contra a depressão, uma vez que engrossa o córtex cerebral.

 

Um estudo realizado em 2014 na Universidade de Columbia encontrou um espessamento de partes do córtex cerebral associadas à meditação regular ou a outras práticas espirituais ou religiosas.

 

Essa pode ser a razão pela qual essas atividades protegem contra a depressão, especialmente em pessoas predispostas à doença.

 

ESPIRITUALIDADE AJUDA A CONTROLAR O ESTRESSE

 

Expressão da espiritualidade para controlar o estresse.

As pessoas espirituais têm várias maneiras de expressar a espiritualidade, como orar, frequentar serviços religiosos, interagir com pessoas que compartilham as mesmas crenças, meditar, através da arte ou música (criando ou assistindo/ouvindo), contemplar a natureza, etc.

 

Por exemplo, as pessoas religiosas geralmente encontram na oração uma maneira de estar mais conectadas ao seu deus. Orar as ajuda a se sentirem mais calmas, mais seguras e mais ancoradas, o que pode ajudar a reduzir o estresse.

 

A meditação teria benefícios semelhantes aos da oração, e também ajuda a reduzir a pressão arterial e aumenta a imunidade, entre outros fatores favoráveis ​​ao controle do estresse.

 

Oração e meditação podem trazer paz interior e uma sensação de calma.

 

Ser gratos e expressar gratidão também são formas de expressar espiritualidade que ajudam a gerenciar o estresse. A gratidão pode reduzir a experiência do estresse.

 

A contemplação da arte ou da natureza ou a própria expressão artística também pode ajudar a controlar o estresse, se surgirem do ponto de vista da experiência espiritual, da gratidão.

 

A ESPIRITUALIDADE AJUDA A GERENCIAR O ESTRESSE

 

A espiritualidade pode ajudar a reduzir e gerenciar o estresse de várias maneiras. Gera uma sensação de quietude e paz interior que nos ajuda a controlar o estresse e a recuperar a comunicação conosco, com nosso estado mental e físico.

 

Passamos muito tempo trabalhando, pulando de uma atividade para outra, às vezes até fazendo várias coisas ao mesmo tempo. Além disso, passamos muito tempo ouvindo os outros, tentando nos distrair, enquanto uma grande quantidade de pensamentos passam pela nossa mente sem controle.

 

Praticar a espiritualidade pode nos ajudar a encontrar momentos de descanso em meio à vida cotidiana. O tempo que passamos meditando, orando ou simplesmente apreciando o que acontece ao nosso redor e dentro de nós como meros espectadores nos posiciona de maneira inteligente diante da realidade.

 

É como se estivéssemos contratando um assistente, com a vantagem de que esse assistente tem informações muito valiosas sobre nós mesmos.

 

OUTROS BENEFÍCIOS DA ESPIRITUALIDADE

 

A espiritualidade também nos ajuda a gerenciar a incerteza. Tentar controlar tudo é uma fonte muito importante de frustração, simplesmente porque este é um objetivo impossível. Assim, libertar-nos desse objetivo, que podemos ver como uma necessidade, diminuirá nosso nível inicial de ansiedade.

 

Por outro lado, a espiritualidade permite aumentar o significado dos eventos que vivemos, tanto positivos quanto negativos, de maneira significativa, tentando aprender com as situações em vez de vitimizar-nos, culpar-nos ou vivenciá-las superficialmente.

 

Não há dúvida de que, além disso, a espiritualidade melhora o senso de conexão. Sentir-se parte de algo maior do que nós mesmos pode nos fazer sentir menos isolados e sozinhos. A maioria dos fatores de estresse parecem menores e mais fáceis de lidar se sabemos que pertencemos a algo.

 

A espiritualidade também nos ajuda a manter um senso de propósito. O senso melhorado de conexão e o senso de significado derivado das práticas espirituais nos permitem olhar além de nós mesmos.

 

Isso aumenta o nosso senso de responsabilidade para com a nossa comunidade, e até mesmo para com o universo em geral.

 

Em essência, a espiritualidade nos ajuda a controlar o estresse graças à mudança de perspectiva que ela nos propõe.

 

A prática espiritual pode nos ajudar a transformar obstáculos que parecem intransponíveis em desafios aceitáveis. A espiritualidade também nos ajuda a esclarecer nossos valores e focar no que é importante.

Fonte: https://amenteemaravilhosa.com.br/espiritualidade-para-controlar-o-estresse/